Medo de Avião – Voo Noturno

UFAAAA! Chegamos ao último post da série que fiz sobre medo de avião! \o/ \o/

Espero que eu tenha ajudado de alguma forma, pois sei como é ruim ficar tensa com uma vigem.

Bom, então esta dica foi essencial pra mim, desde que começamos a pesquisar os valores e companhias aéreas e já manifestei o meu desejo de um voo noturno, pois na minha cabeça e pensava: Se nada do que e fizer der resultado, pelo menos terei o fator cansaço ao meu lado, e um hora ou outra eu acabaria caindo no sono. E acho que essa foi a grande chave de tudo, pois o dia da viagem é bem tenso, geralmente acordamos cedo para tentar organizar tudo antes da viagem, e como morava 1h do aeroporto, e também teria que sair cedo para não correr o risco de perder o voo. Tudo isso contribuí para o nosso cansaço, e assim foi… Nosso voo saia as 22h de São Paulo, então logo depois do embarque já serviram a janta (e que janta… Latam está de parabéns, a refeição era uma delícia!) e lembro de ter colocado um filme para assistir, mas nem consegui terminar de assistir, já estava caindo de sono.

Não espere que terá uma grande noite de sono… pelo menos pra mim não foi, acordava a cada 1h, e é desconfortável dormir naquela poltrona, mesmo para pessoas com 1,58 de altura como eu. Eu sofri bastante com o voo, mas em aspecto físico, pois como tenho problema na lombar, tinha momentos que eu já não encontrava posições para dormir.

Mas um voo noturno passa muito mais rápido, isso é fato! E ver o dia nascendo de lá de cima traz uma paz… é muito lindo! Sem contar que dependendo da estação do ano que você estiver fazendo a sua viagem, é bem mais fresco.

Bom, agora encerro aqui a série de posts sobre medo de avião. Caso eu tenha mais alguma dica para vocês, eu volto para compartilhar. Espero ter ajudado quem precisa, mesmo que de forma simples. E caso você tenha perdido os outros posts que escrevi, vou deixar o link abaixo:

Vaja como estas plataformas me ajudaram a ter uma viagem um pouco mais tranquila.

Até a próxima!
Beeijos ;*

 

Medo de Avião – Seguir Comissários

Olá todo mundo!
Não disse para vocês que eu ia mais fundo ainda?!

Este post Faz parte da série de postagens que estou fazendo para ajudar pessoas que sofrem com medo de avião, assim como eu. Então se você caiu de paraquedas aqui, e não está entendendo nada, ou se quer acompanhar as outras dicas que eu dei, pode clicar aqui para ver sobre o texto que escrevi sobre como a terapia me ajudou, e clicar aqui também para ver como o Youtube pode ser uma plataforma bacana para te ajudar.

Agora vamos para a próxima dica:

Seguir Comissários de Bordo no Instagram

Lógico que apenas o Youtube não me bastou, e não satisfeita comecei a pesquisar sobre comissários, pois para mim, o que eu precisava era encarar aquela situação com naturalidade, e quer mais naturalidade do que um pessoa que trabalha voando praticamente todos os dias?!

Comecei a seguir vários, e comecei a acompanhar o canal no Youtube desses comissários também, pois muitos deles postam sobre as suas rotinas de voo em seus canais, e acredito que eles realmente me ajudaram. Muitas vezes me questionei de como eu poderia temer algo que era o trabalho de alguém?! Claro que para mim não rolaria de jeito nenhum… cada voo seria um mini infarto.

Os comissários que eu comecei a acompanhar são: Andressa Caggiano (canal Não Perturbe), Lucas Manente (canal Manente), Joana Gois e também encontrei um piloto, o Patrick (Pilotpatrick).

Adoro seguir todos eles, e eles abordam outros temas também… não só aviação. E eu assisto tos os stories deles, sou viciada! Deixei tudo linkado para vocês, é só clicar no nome de cada um, ou no canal que já vai direto 😉

Eu acredito que seguir eles me ajudou muito para superar o voo, na verdade, acho que a junção de tudo me ajudou! Mas aguenta ai que eu vou dar mais uma dica…

Beeijos ;*

Medo de Avião – Vídeos no Youtube

Olá! :]

Seguindo com a sequencia de posts para ajudar a você superar (pelo menos um pouco) o seu medo de avião. E vamos para a dica da vez:

Vídeos no Youtube

O Youtube não é apenas uma plataforma para descontrair… podemos encontrar muita informação por lá, aprender coisas e muito mais. Eu sou viciada em assistir vídeos por la, e então comecei a pesquisar sobre medo de avião, para ver se conseguia algumas dicas. Foi então que constatei que o youtube, é essa plataforma maravilhosa que podemos encontrar de tudo… desde tutoriais para fazer babyliss à vídeos sobre medo de avião.

Encontrei vídeos que abordavam o tema medo de avião, encontrei também vídeos com pessoas da área da aviação, falando sobre aspectos da aviação e segurança e também assisti vídeos de youtuber’s que estão sempre viajando, como a Flávia Calina, que voa direto com a sua família, a Lu Ferreira (que inclusive tem um vídeo falando sobre medo de avião, pode clicar aqui para assistir), Estevam pelo Mundo e entre outros.

A minha ideia com esses vídeos era ver com mais naturalidade o voo… afinal, ver a tranquilidade da Flávia Calina viajando com seus filhos, em voos dos EUA para o Brasil, que são extremamente longos, e também ver a Lu Ferreira, viajando com a “Bibia” para tantos lugares incríveis, eu precisa ver tudo isso com naturalidade, para tentar levar tudo de uma forma mais tranquila.

Então faça como eu, siga canais de pessoas que sempre estão viajando para algum lugar, siga estes canais que eu indiquei, mas também procure por outros que tratem de assuntos de seu interesse, tudo isso pode te ajudar a encarar a situação com maior naturalidade.

Agora se vocês acham que eu me contentei com esses videos, e não fui mais fundo, aguarde para a minha próxima dica.

PS: Se encontrarem mais algum youtuber bacana podem me indicar nos comentários.

Até o próximo post.
Beeijos ;*

Medo de Avião – Terapia

Bom gente, dando sequencia na série de posts que irei fazer sobre medo de avião, conforme disse no post anterior. A primeira medida que tomei para trabalhar o medo foi a terapia. Vou abordar o tema de forma mais ampla abaixo:

Terapia

A primeira ajuda que busquei foi através de psicólogo, fiz algumas sessões e foi muito bom. Porém, acredito que a terapia não tenha sido efetiva para me ajudar com o medo, pois apesar de ter abordado o assunto em algumas sessões, a maior parte do tempo abordamos outras questões que estava passando no momento.

Claro que toda ajuda é bem vinda, mas com a correria que foi o dia de embarque, mal consegui fazer as coisas que meu psicólogo havia me sugerido… não consegui tempo para comprar o floral, não consegui tomar um suco de maracujá antes do embarque, não lembrei de deixar filmes e playlist salvos offline para me distrair durante o voo, ou seja, meu embarque foi um caos. Tive que me despedir das pessoas na correria… e foi por falta de tempo mesmo, pois trabalhei até dois dias antes da viagem, e no dia do embarque eu estava no boliche com meu pai e meus irmãos (ainda tinha que terminar de arrumar a mala). Todo esta correria sei que me afeta até hoje, pois sinto que não consegui me despedir de todos da forma que eu queria, e também acabei esquecem um monte de coisas no Brasil. Então se você estiver indo morar fora, não cometa este erro que eu cometi… tenha tempo de qualidade para se despedir das pessoas.

Voltando ao tema da terapia, é que eu não queria deixar de dar esse conselho para vocês, eu goste muito da experiência, apesar de achar que o profissional não era o adequado para mim, (o profissional é super particular de cada um, e só conhecendo para encontrar o ideal), Eu tenho vontade de continuar a fazer terapia, quero pesquisar como funciona aqui em Portugal, pois acho super importante você ter este apoio, alguém imparcial para compartilhar questões complexas da nossa vida, e que acima de tudo, irá te ajudar.

Então resumindo, a terapia não me ajudou diretamente com o meu medo de avião, mas me ajudou com outros conflitos que eu estava passando no momento, acredito que talvez se eu não tivesse trabalhado essas outras questões, poderia ter voado com a mente cheia, e acabar não conseguindo desligar.

Não fiz por muito tempo, consegui fazer cinco sessões, mas já foi o suficiente para saber que faz muito bem pra nossa saúde mental. Então se você ainda não tentou, fica a minha dica, procure um profissional para conversar sobre o seu medo, e se não se identificar com o profissional, não desista! As vezes pode demorar para encontrar… é normal. Agora, se você já fez terapia, e acha que não foi o suficiente para você, aguarde a próxima sequencia de post, pois pode ser que te ajude.

Até a próxima!
Beeijos ;*

Como trabalhei o meu medo de avião?!

Faziam muitos anos que estávamos nos preparando para morar na Europa, mas uma coisa que eu realmente sabia que eu teria que trabalhar, era o medo que tenho de avião.

Lisboa+dentrevoltas.com
Chegando no aeroporto de Lisboa… a aterrissagem é a minha parte favorita de todos os voos.

Já voei de avião algumas vezes, porém, não era uma situação confortável para mim. Para vir para a Europa, teria que encarar um voo de 10 horas, e o voo mais longo que eu havia pego era de 05 horas (Santigo – São Paulo).

Tentei me preparar de várias formas possíveis, e gostaria de compartilhar para ajudar quem também tem esse medo. Pensei em várias formas para escrever este texto, pois sei que muitas pessoas, assim como eu, sofrem na hora de encarar um voo. Cheguei a escrever em um post só, mas senti que não estava conseguindo transmitir toda a informação que gostaria de cada tema. Então resolvi fazer um post para cada tópico, e assim, caso você já tenha tentado alguma das dicas, pode seguir para a próxima, e esta quem sabe lhe ajudará.

Então, antes de prosseguir, gostaria de dar uma pequena introdução de como o medo de avião me afeta… Eu não me sinto confortável com a ideia de voar, eu entro no avião, sento na poltrona e não levanto por nada (sei que não é bom ficar sentado em voos de longa duração, mas infelizmente é a minha realidade), mas o que eu quero dizer com isso?! Quero diz que, mesmo com medo, eu não deixo de voar… sei que tem gente que não consegue ultrapassar esta barreira, eque deixam de conhecer lugares por conta do medo. Bom, esta não é  minha realidade, eu vou com medo mesmo… mas não vou de forma tranquila, e muitas vezes eu fico acompanhando a duração da viagem, para ver se falta muito para aterrissar.

Dito isso, acho que podemos partir para a sequencia de posts, onde irei abordar de forma mais ampla tudo que eu coloquei em prática para conseguir fazer este voo.

Até o próximo post! 😉

Permita-se

Acho que ao longo dos anos, e conforme o meu amadurecimento, a palavra que eu mais me empenhei para colocar em pratica foi essa… “PERMITA-SE”. Durante muito tempo eu não me permitia “ser” quem eu realmente era, ou o que eu queria para a minha vida. Mas como disse um professor meu da faculdade: A única coisa que temos certeza é a mudança… é a única constância da vida!

E então, após tanto anos planejando ir para a Irlanda, a vida acabou me trazendo para Portugal… um lugar que amamos desde que colocamos os pés. Nós até fomos até a Irlanda, mas quando chegamos lá vimos que não era o que queríamos para a nossa vida, e não tem problema nenhum… a vida ta ai para a gente planejar, colocar em pratica, voltar atras, mudar o trajeto e ir a busca. Isso é o que rege a minha vida, nada é estático!

Então se um dia o plano de vocês acabarem tomando outro rumo, não tenham medo e siga sem medo! 😉